domingo, 18 de abril de 2010

Basílio

Hoje, resolvi ler pela milésima vez O Primo Basílio, romance maravilhoso de Eça de Queirós.
É uma ótima leitura, que desperta o lado "o amor realmente existe" hahahaha.

Achei um trechinho interessante... Postarei aqui.

"... Ao princípio não lhe agradou. Não gostava de homens barbados; depois percebeu que era a primeira barba, fina, rente, muito macia decerto; começou a admirar os seus olhos, a sua frescura. E sem o amar sentia ao pé dele como uma fraqueza, uma dependência e uma quebreira, uma vontade de adormecer encostada ao seu ombro, e de ficar assim muitos anos, confortável, sem receio de nada..."


Depois de me deparar com essa descrição parei pra pensar... Sim, o amor chega quando a gente menos espera, embora sozinha, ainda acredito na força do amor e espero um dia poder usufruir desse sentimento tão sublime.

Boa semana!

2 comentários:

Larissa Bortolli Menezes disse...

Ah, o amor...dele, todos querem beber.
Um dia a gente mata a sede ;)

Mari disse...

Hummmm...

já vi essa historia em algum lugar!Q