quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Pr´um amor distante...

"Ainda que fujas
Sei de fato
Que o amor que sinto
Está acima desses devaneios
do mundo moderno
E dessa necessidade constante
De impor o mando
e não o verbo".


Que seja sublime, que seja puro, contanto que seja apenas amor!

Nenhum comentário: